07 março

Igreja da Misericordia 18h00

PEDRO
NAVARRO TRIO

Pedro é um artista que teve sucesso em lugares bem diferentes em todo o mundo, tais como Victoria Hall na Califórnia, John Hancock Center em Chicago, Salle Cortot em Paris, Piazza Navona em Roma, o Auditório da Aliança Francesa no Canadá, Branch Square em Kansas City, a estreia do Instituto Cervantes em Edmonton, o Auditório Simón Bolívar no Equador, o Teatro da Universidade da Turquia, o Teatro Nacional da Australia, o Palácio Nacional da Cultura em Sofia, a Sala de Concertos Eckhardt-Gramatté Rozsa Center em Calgary, Bank of America Theatre em Albuquerque, ou New Mexico University, bem como vários concertos no continente africano. Na Espanha, devemos destacar as suas atuações no Auditorio Conde Duque em Madrid, o Ateneo em Madrid e o Palau de la Música em Valência
O seu primeiro concerto foi intitulado “dedos con duende” (dedos apaixonados) pelos críticos. Quando ele tinha 16 anos, licenciou-se como professor de guitarra. Tem tocado música em todo o mundo, sendo as suas atuações patrocinadas e organizadas pelo Ministério de Relações Exteriores da Espanha, o Consulado de Espanha em Los Angeles, o Festival de Música Latino-Americana de Chicago, o Festival de Artes de Flamenco nos EUA, o Santa Barbara Independent, The Chicago News, Siemens, 25 Uluslararasi Ankara Müzik Festival, a Camara Municipal de Madrid, ou a Fundação Caja Madrid. A sua música também foi tocada em meios como a Rádio Nacional Espanhola, o Canal Plus na Espanha, a Es Radio, a Cadena Cope, a Cadena Ser, a Onda Cero, a Televisão Nacional Búlgara, a Rádio Camarões, a Rádio Nacional em Sófia, o Canal Latino no Canadá e o Canal Univisión nos EUA.
A música de Pedro quebrou as convenções da literatura de guitarra até ao momento presente, destacando-se como um compositor original capaz de misturar música flamenca, latina, clássica e jazz. Depois de ser premiado com o Diplome Superieur d'Execution na prestigiada École Normale em Paris, ele decidiu, depois de descobrir as regras, quebrá-las para dar lugar a uma criação original.



ENTRADA LIVRE
+

ENSEMBLE COPLA

O Ensemble de Guitarras Copla, composto por seis guitarristas, oferece um agrupamento atraente e original. De fato, a fórmula do sexteto contribui para trazer dinamismo, charme e movimento musical que smente a guitarra pode criar.
Sendo a guitarra um instrumento polofónico, este sexteto oferece uma paleta rica de sons e cores. O repertório abrange uma ampla variedade de música tradicional a música clássica, do século XVIII aos dias atuais: a música espanhola, sul-americana e francesa e mediterrânea está amplamente representada.
Esses músicos, primeiro prêmio dos Conservatórios Nacionais de Música, da École Normale de Musique de Paris, tendo em comum o ensino do Mestre Alberto Ponce, especialmente durante cursos e academias na Europa, são professores de guitarra nos Conservatórios de música. da região PACA.
Os guitarristas do grupo Copla participaram de várias gravações, como a música completa de Emilio Pujol, ou em CDs de recital. Dado o sucesso de seu álbum "Falsetas", sua segunda gravação "Esquina" naturalmente apoia a maturidade de seu discurso musical original. Atualmente, estão preparando o seu terceiro CD, sobre a música italiana e Espanha.
A mistura destas seis personalidades diferentes, mas complementares, contribuem para a riqueza musical deste magnifico conjunto instrumental.
Guitarristas: Clarisse Sans, Martin Vieilly, Sylvain Cinquini, Jean Guillot, Hugo Brogniart e Arnaud Sans.



ENTRADA LIVRE

ORGANIZAÇÃO:
Organization:

APOIOS:
Sponsers: